segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Traquinices cheias de doçuras...

Até há pouco tempo, 31 de outubro era uma data qualquer, já que não se encontrava qualquer referência com nossa cultura. Mas isso mudou. Hoje em dia é quase impossível este dia passar despercebido, sobretudo no nosso Jardim-de-infância/escola, já que são as próprias crianças que sugerem e ditam todo um conjunto de atividades e situações inerentes a este tema. E quer seja pertinente ou não abordar toda esta temática de bruxas, monstros ou vampiros foi bem patente a envolvência quer dos docentes, não docentes, crianças/alunos e encarregados de educação na decoração do nosso Centro Escolar de Boelhe. Vejam um pouco o ambiente “bruxesco” que existia em nosso redor (Confeção de bruxas realizada pelos pais/encarregados de educação dos alunos do 1º ciclo).

No Jardim-de-infância contornamos este dia com muita brincadeira e sem medo… E claro não faltaram histórias, músicas e surpresas para adoçar tanta malandrice e traquinice. 


E perante tantas bruxas só nos restava cantar a musica da Alda Casqueira “OH Bruxa má”… 


quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Dia das Bibliotecas Escolares

              Hoje celebra-se o Dia das Bibliotecas Escolares!
  Este dia tem como objetivo destacar a importância das bibliotecas escolares na educação, assim como promover o gosto pela leitura.
 As bibliotecas escolares desempenham um papel muito importante nas escolas e são um veículo de transmissão de conhecimento, não apenas através dos livros mas também das atividades que aqui se desenvolvem.
   No âmbito do "Dia das Bibliotecas Escolares" promovemos a atividade "Dar voz à Poesia", diligenciada pela equipa da BE do nosso agrupamento, e preparamos uma poesia para declamar aos amiguinhos do 2º e 4º ano. Com o pictograma preparado conseguiram "ler" com muita entoação e rigor. 

 Ainda conseguiram recitar o poema do escritor José Mota intitulado "A Bruxa Castanha", também ele em pictograma.   Amavelmente os meninos do 4º ano prepararam um momento muito divertido. Apresentaram-nos o Abecedário Maluco! 

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Eu e o meu corpo...

No início da semana encetamos a temática do esquema corporal. É através do corpo que a criança interage com o meio… Se ela conseguir desfrutar de uma imagem correta de si mesma e conhecer adequadamente o seu corpo conseguirá usá-lo como ponto de referência para a sua aprendizagem e, consequentemente, conhecimento para conseguir interagir, brincando/aprendendo.
 Esquema corporal é o conhecimento do corpo como um todo e as partes que o compõem. As atividades desenvolvidas estão a ser trabalhadas em simultâneo com as da coordenação viso-motora e orientação temporal e espacial pois os movimentos do corpo integram-se no espaço e no tempo.
Destacamos até ao momento algumas atividades desenvolvidas:
Através de pequenas adivinhas, relacionadas com o corpo as crianças, descobriam as soluções e colocavam as peças no devido local. 
Através de pequenas adivinhas, relacionadas com o corpo, as crianças, descobriam as soluções e colocavam as peças no devido local. 

Com as caixas que recolhemos das ruas aquando a realização da “Escritaria” em Penafiel, construímos dois puzzles, de 3 peças, para as crianças mais pequenas montarem a figura do menino (“David”) e da menina (“Andreia”).
Foram contornados silhuetas de algumas crianças e posteriormente executada a sua decoração com diversos materiais e técnicas.  
Pintaram, recortaram e construíram uma figura humana articulada onde foi possibilitado brincar com a mesma reproduzindo movimentos sugeridos pela educadora (mãos para cima, levantar uma perna, tapar um olho, perninhas à chinês, etc…).
A música da colega Alda Casqueira “O meu tesouro” tem sido cantarolada e aprendida pois a sua mensagem é muito pertinente e adequada ao tema abordado.  
video
Continuar-se-á a abordar esta temática ao longo da(s) semana(s) e em articulação com a aula de Educação Física e Educação Musical serão reforçados conceitos e assimiladas novas noções.


quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Articulação + Caracóis = iupiiii!!!!

  Hoje tivemos a visita da turma do 4º ano que nos brindou com uma canção/dança sobre os planetas. São sempre momentos muito importantes e enriquedores que vivenciamos em conjunto quando articulamos, pois compreendemos que “aprendendo em conjuto, poderemos atribuir mais significados ao aprendido” e que “não articulamos porque estamos em espaços contíguos; articulamos porque, em conjunto, podemos aprender mais”. Um obrigado muito especial à professora Susana Cruz que contribuiu para que este momento fosse possível e especial. Esta semana já tinhamos presenteado os meninos do 1º e 3º ano com uma canção (Rebola Xuxu) e sentimo-nos muito bem com a nossa prestação. Temos a certeza que muito momentos especiais irão ocorrer ao longo deste ano letivo.


E falando agora em caracóis temos a revelar que continuamos a deliciar-nos com estes amiguinhos.
A história do António Torrado “A nuvem e o caracol” serviu de mote para dramatizarmos com fantoches este conto. (O fantoche é uma excelente estratégia para ensinar a ler com prazer, para ensinar a ler com prazer, para fazer da criança um ser criativo, dinâmico, consciente e produtivo. Tem-se como objetivo desenvolver determinadas habilidades como a observação e expressão oral, de ouvir, de expressar-se com clareza e de possuir objetividade em transmitir e receber informação). 

  Com os nossos amigos caracóis tivemos a trabalhar a matemática. Construímos conjuntos de caracóis grandes e pequenos, realizamos a sua pesagem e verificamos qual o mais leve e o mais pesado, ordenamos por ordem crescente e decrescente, fizemos contagens e registos gráficos. 

  Tudo foi feito sem os magoar e com todo o cuidado mas mesmo assim alguém sugeriu que eles seriam mais felizes se estivessem na rua, pois dessa forma poderiam ir para onde quisessem e fazer o que mais gostassem. Assim acordado, lá os colocamos na relva do nosso Jardim. Que sejam muito felizes e que tenham muitos “filhinhos”!
Colorim colorado, este conto está terminado!

terça-feira, 18 de outubro de 2016

À volta do caracol!!!

Temos andado à volta dos caracóis! Tudo começou quando a educadora nos fez uma surpresa ao trazer, numa caixa de sapatos, uma família de caracóis que tinha encontrado perto de sua casa. Logo se criou um burburinho de excitação que nos fez querer vê-los de mais de perto, de tocá-los e desafiá-los a brincar junto de nós. Para sabermos mais sobre este simpático bichinho ouvimos algumas histórias entre elas “O caracol e a caracola”.


Ficamos a conhecer algumas caraterísticas interessantes deste molúsculo e ficamos entusiasmados com as diversas atividades que realizamos, até ao momento. 
Hoje tentamos mais uma vez realizar uma corrida de caracóis mas constatamos que os nossos amiguinhos não estavam para correrias mas sim com vontade de brincar… só queriam mesmo brincar, encavalitando-se uns nos outros. 
Durante esta semana iremos continuar "à volta" dos caracóis pois haverá muito que explorar e descobrir sobre estes novos amiguinhos.

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

"Escritaria" no Pré-escolar

Recentemente demos início ao Projeto “Escritaria” incluído no PAA de Departamento Pré-escolar, na atividade “Brincar com as Palavras”. Com o mesmo pretende-se aplicar diferentes e motivadoras estratégias de leitura e escrita promovendo a literacia através do caráter lúdico, desenvolvendo a expressão oral e escrita, a imaginação e o gosto pelos livros/histórias.
A formação da leitura e da escrita na criança da Educação Infantil perpassa pelas brincadeiras como grande possibilitadora de interações, por todas as formas de comunicação, expressão e registro. Deseja-se privilegiar um trabalho que considere a diversidade de tipos, gêneros e suportes textuais, por meio do contato diário com livros, revistas, histórias em quadrinhos, jornais, panfletos…; a leitura frequente de histórias; escrita na presença das crianças quando esta se fizer necessária; incentivar as crianças a escreverem palavras e a inventar textos de forma espontânea. É lendo e escrevendo que a criança avança, pois no ato da leitura e da escrita ela vai elaborando hipóteses que a ajudam a enfrentar as contradições que encontram nos usos da linguagem escrita.                 
Nestes últimos dias preparamos todo o cenário para aliciar os dois grupos, em articulação, a participar ativamente no presente desafio. Através das histórias que são lidas e apresentadas diariamente destacaram-se algumas palavras que posteriormente foram utilizadas na construção de frases. Ainda haverá muito a se explorado contudo deixamos aqui um pouco do que já fizemos nestes dias.





sexta-feira, 14 de outubro de 2016

As nossas novidades outonais...

      O outono já chegou... E com ele uma série de explorações e atividades que nos ocupou estas últimas semanas. Esta nova estação do ano fez-nos "arregaçar as mangas" e começar logo à procura de elementos que a identificassem... Descobrimos folhas de tantos tamanhos, feitios e cores... Desvendamos os frutos desta estação (uma vez que é conhecida como a "estação das Frutas" pois é a melhor época para o desenvolvimento das mesmas já que não sofrem o calor excessivo do verão nem o frio intenso do inverno). Exploramos os sentidos com os sabores, texturas  e cores desses mesmos frutos e deliciamo-nos com as compotas que foram confecionadas com a nossa cooperação e colaboração dos pais com o fornecimento dos ingredientes. Ah! e ainda ficaram alguns marmelos, açúcar e boa disposição para um dia destes fazermos marmelada.



       E por fim é de salutar a participação dos pais de ambas as salas para o envolvimento do primeiro desafio lançado pelas educadoras relacionado com a estação até agora realçada. Pais e crianças revelaram empenho e criatividade na execução da tarefa proposta. Vejam se é ou não verdade...

video
       E assim revelamos um pouco do que até agora fizemos e sempre que nos for possível aqui voltaremos para abrirmos a "janela" do nosso Jardim para divulgar o que temos andado a fazer!

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Aqui estamos...

 
Nos olhos de todas as crianças se escondem os segredos da felicidade. O mundo é uma infinita fonte de descobertas e brincadeiras, e os seus sorrisos fáceis conseguem tudo simplificar e iluminar.

      Nos olhos de toda a criança não existe maldade, apenas vive a inocência que aos poucos a vida roubará com a promessa de que o mundo será dela... Com a garantia de que conquistarão o mundo se deixar de sorrir tão facilmente.

      Criança é futuro, é certeza de vida e alegria, mas criança é também o espelho de cada um de nós, do que fomos e no tempo se perdeu.
     Mas por muito que possamos achar que já sabemos tudo, existe todo um mundo de sabedoria que devemos procurar nas nossas crianças pois elas acreditam que tudo é possível e são inesquecívelmente felizes com muito pouco.

     Ficam aqui apresentados alguns dos sorrisos extremosos e traquinas dos dois grupos que florescerem no Jardim de Boelhe!
     Em breve daremos notícias!