quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Momentos de Natal...



Dizer obrigada, às vezes, não é suficiente para agradecer a todos os que colaboraram nestes momentos mágicos vividos pelas minhas crianças.

Bem hajam e um Feliz Natal.

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Ciências e Matemática




Tivemos visitas... APADIMP

“Na sociedade não existem duas pessoas idênticas, com as mesmas capacidades, interesses, atitudes, desafios, contextos socioculturais… Na escola ou na turma também não há dois alunos iguais, cada um tem a sua própria maneira de ser, o seu estilo e ritmo de aprendizagem, os seus padrões e ritmo de desenvolvimento, motivação, interesses e curiosidade perante o conhecimento. Todos eles fazem parte de uma mesma cultura, reagem de formas diferentes perante situações de ensinoaprendizagem e precisam de uma variedade de apoios e estímulos para aprender e desenvolverem-se como pessoas.” (Cardona et al., 2013, p. 9)




segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Feira de outono no Jardim de Assento (Cabeça Santa)

  Realizou-se no Jardim-de-infância a “Feira de outono” que contou com a colaboração dos pais que levaram produtos de culinária, hortícolas e produtos diversos que foram vendidos na feira.
  As crianças realizaram trabalhos de expressão plástica com diferentes técnicas e materiais, que encantaram os pais e familiares quando adquiriram os mesmos.
  Houve uma grande adesão de visitantes, desde crianças, seus familiares e amigos bem como da restante comunidade envolvente que mostrou entusiasmo e satisfação na realização das suas compras. 



Um grande bem-haja a todos os que contribuíram para um dia tão enriquecedor de convívio entre famílias, crianças e comunidade educativa. 

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Especial notícia


Missão Pijama 2017
Todas as crianças e adultos do Jardim-de-infância de Cans, envolvidos no espirito de solidariedade desenvolveram atividades que culminaram na Comemoração do “Dia Nacional do Pijama 2017” com o intuito de Crianças ajudarem outras Crianças e valorizando os conceitos Família/Acolhimento/Amor/Carinho….!
 
 
O conto “O botão invisível” e a canção, para além de serem trabalhados em cada grupo/sala, foram explorados, também, em grande grupo – JI Cans!
 
 
Aqui fica, para todas as crianças do Mundo, um forte abraço fraterno do grande grupo do Jardim-de-infância de Cans:
 
 
 
 
 
 
 

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

VerExperimentar - Brincar com as Sombras


  Uma fonte de luz, um lençol e simples formas recortadas em papel, reproduziram as cenas da Lenda de S. Martinho.
E assim demos início ao Teatro de Sombras...


  Depois da experiência do teatro de sombras e de ouvir a história da Quinta dos Quatro Ventos, “Teatro de sombras”, as crianças descobriram, através da experimentação, que o tamanho das sombras, que víamos no quadro interativo, podia ser facilmente aumentado ou diminuído pela modificação da posição do objeto em relação à luz.
  Em conjunto concluímos que quanto mais longe o objeto se encontra da luz menor é a sua sombra e esta, por sua vez, é mais nítida. 


  Esta atividade foi realizada em articulação com a turma do 1º ano, da professora Susana Cruz. 

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

O S. Martinho... no Jardim de Vila Cova!

  A 10 de novembro comemoramos o S. Martinho, tal como acontece todos os anos, uma época associada às castanhas assadas e a muita diversão. 
  Demos asas à imaginação e largas à criatividade e as palavras de ordem foram a “partilha”, “amor ao próximo” e “convívio”. Para vivenciar este dia promovemos um convívio em articulação com a EB1 e Jardim de Lomar/Luzim, tendo sido possibilitando a todos os envolvidos um enriquecimento cultural 

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Cromatografia das folhas – "VerExperimentar"

    A estação do ano mais colorida e vaidosa é, sem dúvida, a do outono! Este ano temos tido um calor pouco habitual para a época mas isso possibilita-nos poder apreciar, com mais luminosidade, as diferentes cores das folhas das árvores. Deparamo-nos com folhinhas verdes, vermelhas, castanhas, amarelas e algumas de cor alaranjada. Os cientistas dizem que às folhas verdes que “trocam” de cor se dá o nome de pigmentação e nesta estação do ano alguns pigmentos estão mais presentes que outros. Os meninos e as meninas do Jardim-de-infância de Cans - Rio de Moinhos, da sala 3CAN, realizaram a experiência “Folhas de outono com álcool”. Foi com entusiasmo e curiosidade que observaram que as folhas vermelhas em álcool coloriram o filtro de vermelho e as folhas amarelas coloriram o filtro de amarelo. Aprenderam que as folhas têm um líquido que se chama seiva e foi este líquido que coloriu o álcool e o filtro de café. 

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Teatro de sombras da lenda de S. Martinho...

  No âmbito do tema de S. Martinho, comemorado no nosso Jardim-de-infância no dia 10 de novembro, foi apresentada a Lenda do nosso padroeiro. A história foi dinamizada em teatro de sombras e em articulação com os dois grupos de Cabeça Santa.

  Através desta história as crianças exploraram a técnica do teatro de sombras onde conseguiram perceber o efeito luz/sombra. Os grupos tiveram a oportunidade de experimentar a referida técnica através do próprio corpo.
 Foi proposto um jogo onde se selecionava uma criança, sem que as restantes soubessem quem (pois estavam com os olhos fechados), para que esta, através dos gestos e da sua silhueta, fosse descoberta pelo grande grupo.
  Esta atividade teve uma grande adesão das crianças com uma significativa dose de entusiasmo e participação. 
As educadoras Eduarda e Carla

O nosso S. Martinho em Luzim...

 No dia 10 de novembro festejamos o S. martinho em articulação com a escola do 1º Ciclo e o Jardim-de-infância de Vila Cova.
 Foi com muita alegria e entusiasmo que toda a comunidade escolar viveu mais uma vez as tradições habituais do Dia de S. Martinho.

  Não faltou a fogueira, as castanhas assadas e o suminho. Foram momentos de convívio com toda a comunidade educativa.
  O sol também animou todo este ambiente de festa e mais uma vez provou que de facto o “verão” de S. Martinho não é apenas uma lenda.

Feira de S. Martinho no JI de Lomar
 Tal como em anos anteriores a feirinha de S. Martinho  contou com a magnifica participação dos encarregados de educação.       Todos contribuíram com diversos produtos e comes e bebes. Familiares das crianças e muita população local ocorreram em grande número à feirinha. 
A todos aqueles que contribuíram para este evento o nosso grande OBRIGADO! 

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

S. Martinho na Escola Básica de Boelhe...

A comemoração do dia de S. Martinho é uma das tradições mais antigas no nosso concelho onde determinados costumes e certas atividades são dinamizadas, ao longo de alguns dias, mantendo-se enraizadas na comunidade. 
A feira de S. Martinho no Centro Escolar é uma ocasião especial para o salutar convívio entre gerações e o fortalecimento de hábitos e costumes da nossa região. Destacamos o empenho e dedicação dos encarregados de educação na preparação e realização da feira dos produtos onde promoveram momentos verdadeiramente inesquecíveis. Sem dúvida que a frase “Escola e Família… uma parceria de sucesso!” evidência o que hoje experimentámos. 

 E S. Martinho sem magusto não é a mesma coisa! O dia esteve agradável e solarengo, tal como reza a lenda, e não resistimos a fazer uma fogueira para assarmos as castanhas.
 Neste dia as palavras de ordem foram “partilha”, “amor ao próximo” e “convívio” onde a confraternização interturmas possibilitou a todos nós (crianças e adultos) um enriquecimento cultural. 

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Dobragens / S. Martinho

    As dobragens em papel exigem uma atenção e um esforço mental para dobrar o papel numa ordem correta para se conseguir dessa forma a figura desejada. Potencializa com que a criança mantenha a sua concentração durante um período de tempo numa mesma atividade. 
    Desvendamos alguns dos nossos trabalhos realizados durante esta semana em torno do S. Martinho.


A Maria Castanha também não podia faltar!

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Uma visita à Escola Sede...

    As crianças do Jardim-de-infância de Assento visitaram no dia 31 de outubro as instalações da Escola Sede para contemplarem a decoração e alguns trabalhos alusivos à temática do Halloween. Foi um momento muito empolgante onde os mais pequenos quiseram, de alguma forma, intimidar os mais crescidos com a sua simpatia e boa disposição. E é claro que surtiu um grande efeito… Foram agradavelmente surpreendidos com uma doçura oferecida pela professora Nísia.

    São sempre gratificantes as visitas que habitualmente realizam, ao longo do ano, ao Agrupamento estabelecendo momentos de efetiva amizade e articulação onde é possível a partilha de vivências e experiências mútuas.   

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

“VerExperimentar”

  O último desafio proposto na Sala da Any, em articulação com o 1.º ano, foi:
 "O que vai acontecer quando adicionar a água às substâncias, açúcar, sal, café e areia?"
  Inicialmente as crianças diziam: "- Vai ficar doce”; "-Vai ficar salgada"… 
Foi necessário introduzir um novo item à nossa descoberta sugerindo que só poderiam utilizar o órgão da visão para formular as previsões.
Logo de seguida foram lançados novos palpites:
1.ª Substância - Açúcar
Duarte - “Vai ficar cor de pele!”;
Cristiano - “Vai ficar branco!”;
2.ª Substância - Sal
Maria Inês - “Vai continuar branco, não muda...”
3.ª Substância – Café
Em simultâneo várias crianças afirmaram que ficaria castanha.
4.ª Substância – Areia
O porta-voz do grupo 1 disse que ficaria dourada;
O grupo 2 disse que achava que ficaria amarela;
O grupo 3 disse que achava que ficaria dourada;
O grupo 4 disse que provavelmente a areia ficaria em baixo, pousada no fundo da garrafa.
Após a constatação/observação todos foram capazes de efetuarem a seguinte conclusão:
açúcar desapareceu/misturou-se com a água, dissolveu.
sal desapareceu/misturou-se com a água.
café misturou-se com a água, mas não desapareceu.
areia ainda ficou no fundo da garrafa tendo a água ficado de cor cinzenta e suja.
CONCLUSÃO – Há substancias que, depois de misturadas com a água, não se distinguem, como, por exemplo, o sal, açúcar, e outras continuam a distinguir-se, como por exemplo a areia.
Como é bom VerExperimentar!

"Histórias em cordel" - LerImaginar

O Departamento da Educação Pré-escolar tem incluído no seu P.A.A. a atividade "Histórias em cordel" inserida na temática "LerImaginar". Ao longo do presente ano letivo serão expostos registos, fotografias, desenhos, montagens, textos,... num cordel em estilo de estendal existente na Biblioteca Escolar da Escola Sede. Nesse estendal, com fio e molas, estarão visíveis pequenas histórias de leitura fácil e rápida que transportarão os seus leitores para o reino do imaginário.
“A leitura abre a mente e amplia os horizontes. Quando isso é feito na primeira infância, tudo acontece de uma forma muito mais natural e prazerosa. E é essa geração de leitores que poderá transformar o mundo através da Educação e do conhecimento.” 
A citação de Isa Colli faz-nos aumentar a ousadia de nos assumir como os principais intermediadores desse grande projeto de estimular as nossas crianças pelo gosto da leitura, pois será como plantar uma semente com a certeza de que obteremos bons frutos.
Os três temas que serão explorados são:
- 1º Período - Cooperação/Solidariedade;
- 2º Período - Lendas locais/outras;
- 3º Período - Sustentabilidade do Ambiente.
      Ao longo do ano pretende-se que o estendal seja dinamizado com os trabalhos dos diversos grupos que compõem o Departamento Pré-escolar de forma a partilharem diferentes estratégias e novos conceitos na exploração de histórias infantis, consolidando valores sociais, culturais e cívicos.


"Nunca foi tão importante haver boa literatura infantil porque as crianças são atraídas por milhares de coisas fáceis, instantâneas e baratas que o livro. Com boa leitura infantil defende-se o livro".  
Miguel Sousa Tavares

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Halloween no Jardim-de-infância de Lomar!

   Ao longo da semana o grupo de crianças mostrou-se entusiasmado e muito atarefado com os preparativos para o dia de Halloween.
   No dia 31 chegou o grande dia! Doçuras ou travessuras!? 
   A magia da Bruxa Mimi pairou no ar… Pela manhã, fizemos os Bolinhos de Abóbora da Bruxinha. 
    
    O ponto alto do dia foi marcado pela presença da Contadora de Histórias Gusta Santos, que proporcionou às crianças momentos mágicos. As suas histórias ajudaram a desmistificar alguns medos das crianças.

   O dia terminou com muitas doçuras e sorrisos no rosto de todas crianças.

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

CULTIVAR A POESIA


  CULTIVAR A POESIA
Pinheiro (2007,17) declara que “de todos os géneros literários, provavelmente, é a poesia o menos prestigiado no fazer pedagógico da sala de aula”. Não obstante, a Educação de infância considera a relevância e a ação que a poesia exerce na formação de cidadãos leitores competentes e mais críticos.
O Jardim-de-infância é o espaço que, por excelência, se cultiva a Poesia, se desenvolve a linguagem que se vai tornando cada vez mais rica. O jogo poético desenvolvido através da sonoridade, a musicalidade, os ritmos e as rimas, tornam a leitura um ato prazeroso e divertido. De acordo com as Orientações curriculares, (...) a poesia como forma literária constitui um meio de descoberta da língua e de sensibilização estética. Todas estas formas e expressão musical facilitam a clareza da articulação e podem ainda ser meios de competência metalinguística, ou seja, de compreensão do funcionamento da língua. (OCPEP, 2002. p.67).  A poesia reflete emoções, é a arte de brincar com as palavras, transmitindo significados nas entrelinhas dos versos/poemas. Desta forma o Jardim-de-infância de Cans, em articulação com o 1.ºCiclo, do Centro Escolar de Cans participou no evento “Dar Voz à Poesia” colaborando com a biblioteca escolar, no dia 23 de outubro de 2017. O JI 2CAN brincando ao “Faz-de-conta” dramatizou a canção do Capuchinho Vermelho, decorrente desta história tradicional e da articulação com a BE, a professora Fátima Jardim.  

Por fim, o Capuchinho Vermelho ofereceu doces aos amigos, sem descurar a presença do Sr. Diretor
e da Sra. Sub-Diretora do AEPS